Quinta, 02 de Dezembro de 2021 12:18
99 99999-9999
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Câmara aprova atualização do acordo sobre o Sistema Global de Preferências Comerciais; acompanhe a sessão

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Sessão do Plenário da Câmara O Plenário da Câmara aprovou há pouco duas propostas que tratam da adesão do Brasi...

28/10/2021 10h50
27
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Sessão do Plenário da Câmara - (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)
Sessão do Plenário da Câmara - (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

O Plenário da Câmara aprovou há pouco duas propostas que tratam da adesão do Brasil a acordos internacionais assinados pelo governo. Os acordos dependem de ratificação do Congresso Nacional para entrar em vigor. Os textos irão agora para análise do Senado.

Foram aprovadas as seguintes propostas:

- PDC 1058/18: aprova o texto do Protocolo da Rodada São Paulo ao acordo sobre o- PDC 1058/18: aprova o texto do Protocolo da Rodada São Paulo ao acordo sobre o Sistema Global de Preferências Comerciais entre Países em Desenvolvimento (SGPC). A rodada atualizou o SGPC, que busca promover e ampliar os laços comerciais entre os países em desenvolvimento da África, Ásia e América Latina. (SGPC). A rodada atualizou o SGPC, que busca promover e ampliar os laços comerciais entre os países em desenvolvimento da África, Ásia e América Latina;

- Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 1053/18: contém o acordo de cooperação técnica entre o Brasil e o governo de São Vicente e Granadinas, ex-colônia britânica localizada no Caribe. Pelo acordo, firmado em 2017, os dois países definirão as áreas de cooperação e os órgãos coordenadores da cooperação.

Confira a pauta de hoje

Assista à sessão ao vivo

Mais informações em instantes

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.