Sábado, 22 de Janeiro de 2022 16:43
99 99999-9999
Política Política

Diretoria do SIND – ADV/MT se reúne com Barranco para discutir aprovação do PL 592/2021

A reunião ocorreu de forma remota e contou com o debate do PL que estabelece a vacinação prioritária contra a covid-19 para os advogados de Mato Grosso.

13/08/2021 16h11
43
Por: Redação
Reunião diretoria do SIND - ADV/MT. Foto: Assessoria.
Reunião diretoria do SIND - ADV/MT. Foto: Assessoria.

Na manhã desta quinta-feira (11), o Sindicato dos Advogados e Estagiários de Mato Grosso (SIND – ADV/MT) se reuniu com o deputado Valdir Barranco (PT), através de uma conferência online, para debater o Projeto de Lei (PL) nº 592/2021 que estabelece a prioridade na vacinação contra a Covid-19 aos advogados de Mato Grosso.

O presidente do sindicato, Pio da Silva, iniciou a sessão esclarecendo os motivos que levaram o sindicato à estabelecer o PL. De acordo com ele, os advogados estão em constante contato com clientes, além das visitas necessárias à cartórios e presídios.

“Estamos trazendo muitos clientes para os nossos escritórios [...], Isso pode trazer um risco ainda maior para nossa saúde”, afirmou Pio.

Além disso, o presidente também ressaltou que não há como exigir que seus clientes, e até mesmo testemunhas com quem têm contato durante as sessões presencias, façam o teste de covid-19 antes das audiências ou consultas.

O deputado Barranco parabenizou a iniciativa do SIND – ADV/MT e afirmou que conhece realidade e sabe da necessidades da classe. Além disso, Barranco afirmou que tentaria acelerar o processo de aprovação do PL, que já está com a comissão de saúde aguardando um parecer.

“Vou colher assinaturas dos deputados para ele [o PL] ter um trâmite mais célere”, afirmou o deputado.

Barranco finalizou afirmando que tentaria uma conversa com o deputado responsável pela comissão de saúde para pedir a dispensa da pauta para que a votação pudesse ocorrer o mais rápido possível.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.